0

Sempre a pandemia obstrui a maioria das atividades sociais das regiões  no mundo inteiro. Passabém, cidade situada a 54 quilômetros de Itabira, pertencente a esta comarca, com população estimada pelo IBGE em 1.766 habitantes, não foge à regra.

O então distrito, criado no início do século XX, emancipou-se  em 31 de dezembro de 1962. A instalação da cidade ocorreu em 1.º de março do ano seguinte. Mas o fato de ser São José o padroeiro desde a fundação do povoado e 19  de março seja lembrado como do santo, as autoridades optaram por transformar em lei a data que marca o Dia da Cidade.

Sem comemorações cívicas, as quais se realizam normalmente em todos os anos no consagrado feriado municipal, a Paróquia local optou por uma celebração religiosa, que ocorrerá a partir das 16 horas  e se resume em convite distribuído à comunidade.

Algumas construções destoam do conjunto arquitetônico, mas não tiram a beleza da igreja e da praça

Algumas construções destoam do conjunto arquitetônico, mas não tiram a beleza da igreja e da praça

CONVITE

“Comunicamos que a imagem de São José percorrerá a nossa cidade, abençoando a todos às 16 horas do dia 19 de março (nesta sexta-feira).

Pedimos a colaboração para enfeitar a porta de sua residência para louvar e agradecer ao nosso Padroeiro São José.

Sugerimos utilizar: toalhas, vasos, flores, velas, balões, imagem de São José etc.

Segue o trajeto onde a imagem percorrerá:: saída da Igreja Matriz, seguindo a Rua das Palmeiras até a Vila Antônio Bernardino. Descendo a Rua das Palmeiras, seguindo nas ruas Antônio Linhares, Domingos Alves da Costa e Baixada Grande.

Que São José derrame grandes bênçãos sobre seu lar e sua família.

Assinado: Padre Sérgio e Equipe Pastoral de Passabém – MG”.

A Igreja Matriz de São José é dirigida pelo Padre Sérgio e por uma Equipe Paroquial formada na comunidade

A Igreja Matriz de São José é dirigida pelo Padre Sérgio e por uma Equipe Paroquial formada na comunidade

HISTÓRIA

A história de Passabém pode ser encontrada em arquivos da Escola Estadual Luíza dos Santos Ferreira. Os registros mostram o crescimento do arraial  a  partir de 1912, quando o senhor Zeca Alves, um dos fundadores do município, construiu a primeira escola do povoado que tinha o nome de Escola Distrital Mista de Passabém. Em 14 de julho de 1929 recebeu o nome de Escolas Reunidas de Passabém.  Em 1947, com a nomenclatura Grupo Escolar Luíza dos Santos Ferreira permaneceu durante longo tempo.

Desde 1912,  já passaram 24 diretores pelo  educandário, que recebeu o nome de Escola Estadual Luíza dos Santos Ferreira.

A escola tem hino, bandeira e registra outros fatos ocorridos em Passabém.  Os registros são de Leana Bittencourt de Sá.

Desde a fundação do arraial, quando Passabém já tinha uma capela (na foto sem a torre), seu povo é de maioria católica e comemora o dia do Padroeiro com festas e celebrações (missa e procissão).

Passabém tem maioria católica, que comemora o Dia do Padroeiro desde o início do século passado, quando a capela não tinha torre

Passabém tem maioria católica, que comemora o Dia do Padroeiro desde o início do século passado, quando a capela não tinha torre

Com: Myriam Cristina Alves

Fotos: Arquivo Myriam Cristina Alves

MARCO ANTÔNIO TRAZ A ITABIRA “OLHAR DIFERENCIADO” PARA SOMAR NO COMBATE À COVID-19

Matéria Anterior

EDITORIAL: SEJAMOS BALANÇAS REGULADAS

Matéria Seguinte
0 0 vote
Article Rating
Acompanhe os comentários!
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar

Mais em Cidades