0

Em minhas andanças jurídicas nunca vi tanta gente desanimada. E o motivo ninguém sabe, ninguém viu!

Têm pessoas desanimadas com trabalho, casamento, salário no final do mês, aquele empréstimo que não sai, com a escola… bom, essa última melhor nem comentar! Mas, afinal, o que houve com o mote do qual tanto nos orgulhamos, “brasileiro não desiste nunca”?!! (Nosso grifo)

A resposta seria óbvia afirmar que a pandemia é o grande leviatã, já que desde que o mundo existe, as pessoas sempre se desanimam por qualquer motivo que seja. Deixem este aprendiz de Advogado lhes dar uma “injeção de ânimo”! Apesar da crise sanitária, o Brasil vem crescendo expressivamente em relação à maioria dos países da Europa, podem pesquisar no “Dr. Google”!

Ao contrário da maioria dos países, não temos nenhum problema de fronteira com nossos vizinhos. Nada de guerra, invasões, rebeliões… estamos em paz com nossos vizinhos. Lembram-se do Oriente Médio? Considerando nossa vasta extensão territorial podemos, sim, dizer que somos abençoados!

As bolsas de valores atingem pontos jamais vistos, e o agronegócio segue batendo recordes, e para variar equilibra nossa balança comercial.

Numa época em que por mais de trinta anos não se descobria novas reservas de petróleo no mundo, o que acontece? Emergiu com toda plenitude o “Pré-Sal”! Alguém se lembra?

Nunca houve tanta investigação, processo e prisão de agentes públicos mal-intencionados, envolvidos em corrupção, graças à “Operação Lava jato”. Tudo bem que alguns dos personagens estão livres por aí, mas, conseguimos estancar o gargalo evitando mais desvios!

Nossa democracia, contrariando aqueles que a criticam, segue dando exemplo para o mundo. Vejam o lamentável ocorrido nos U.S.A, suspeitas de fraude nas ultimas eleições presidenciais. Com voto de pré-morto, inclusive. Decepção.

Já se tem vacina, e o país segue com quase um quarto da população imunizada. Saímos da “onda roxa” direto para a amarela, os comércios reabriram e podemos ter esperança de que esse tipo de postura mude por parte de alguns gestores, já que as “aglomerações” são as verdadeiras vilãs.

Nossa liberdade, embora ignorada por alguns gestores, desinformados (para não dizer coisa pior), está garantida no Artigo 5° da CRFB/88, basta pugnar pelo texto constitucional.

E não para por aí, restou provado que temos um modelo de previdência social considerado um dos mais eficientes do mundo, basta ver a atuação dos SUS na pandemia! Gostem ou não, ai da economia se não fosse o dinheiro do Auxilio emergencial!

Já se falam em novas reformas ainda este ano, e a tributária é apenas umas delas. Sem dúvida será um grande avanço para que este país finalmente avance de modo sustentável, podem acreditar!

Não importa quem esteja à frente da administração dos entes federativos, temos que cobrar e torcer para dar certo. Ora, almejar o fracasso de determinado gestor só porque seu candidato (esquerda/direita) favorito não emplacou, não é nada inteligente. Este talvez seja o nosso maior pecado, politicamente falando.

Enfim, poderíamos enumerar vários indicadores positivos e demonstrar que o momento é, sim, de confiança. Buscando arrimo nas teorias jurídicas, parte-se do princípio da presunção como meio de prova, entabulado no Artigo 212, IV da lei 10.406/2002 (Código Civil brasileiro), onde não haveria exagero ao se afirmar que estamos avançando para dias melhores porque somos diferenciados, considerando os fatos.

O que temos a combater é a mania de ser pessimista, apenas para poder dizer no final a velha frase: “Eu não disse”? Isso é muito fácil. Vejam que tal postura nos leva ao fracasso, aquela mania da qual acomete a maioria dos brasileiros, a de “matar a vaca por causa do carrapato”.

Não seria o momento de elevar o interesse da coletividade, exaltando o que temos de melhor, que é nossos talentos? Neste momento despedimos deixamos aqui essa injeção de ânimo. Otimismo minha gente!

Dr. Marlon S. Ferreira

Marlon S. Ferreira
Marlon Sampaio Ferreira, advogado, técnico contábil. Já atuou como consultor varejo “Atacadista"/ Representante Medicamentos/ Comerciante no varejo de Tintas/ Servidor público.

    VEREADORES DE ITABIRA APROVAM INSTAURAÇÃO DE CPI PARA INVESTIGAR ITAURB

    Matéria Anterior

    ITABIRA ESTAVA VIRANDO UM FERRO-VELHO, DEPÓSITO DE VEÍCULOS ABANDONADOS

    Matéria Seguinte
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments

    Você também pode gostar

    Mais em Colunas