0

Só não imaginava um dia ser, ao lado de outro personagem importante, dom Mário Teixeira Gurgel, referência de um período da história — “2021, Ano do Centenário” de ambos.

De 17 de maio até hoje fez-se uma contagem regressiva para comemorar este centenário. Foi uma forma de homenagear aquele que nos brinda com sua ilustre presença em um tempo importante da história itabirana.

O nome Dr. Colombo trata de alguém muito conhecido, imaginam todos. Uma  pesquisa mais aprofundada de sua vida, revela muito mais. É válido, pelo menos, pesquisar sua personalidade.

TENTATIVA DE UMA DEFINIÇÃO

O médico que muitos tentam descrever: político, poeta, coração aberto, caridoso, médico de todos, humilde, esportista, personagem de 2021 (Crédito: Dr. Edson Lima)

O médico que muitos tentam descrever: político, poeta, coração aberto, caridoso, médico de todos, humilde, esportista, personagem de 2021 (Crédito: Dr. Edson Lima)

— Dr. Colombo, o político: foi vereador de 1958 a 1962 em Itabira; abandonou a política por não aprovar apoio ao partido opositor, o PSD; rejeitou várias propostas de candidatar-se a prefeito; fez oposição a Getúlio Vargas na Ditadura do Estado Novo (1937 a 1945); promoveu um Baile de Despedida da Liberdade quando Vargas deu o golpe.

— Dr. Colombo, o poeta: leva a vida fazendo versos; escreveu poema de quase uma dezena de páginas, contando a história do médico Dr. Mauro, seu irmão, no octogésimo aniversário dele (1985); compôs marchinhas e sambas-enredo para o carnaval itabirano, a maioria em parceria com Maria Helena Gomes Nascimento, compositora musical; escreveu para cada uma da turma de Voleibol do Clube Atlético Itabirano (CAI) centenas de estrofes, e  para o próprio Atlético.

—Dr. Colombo, o rei da solidariedade: foi nomeado herdeiro de uma meretriz em pagamento por consultas médicas e tratamento de saúde. Aceitou a oferta, de um imóvel, e repassou-o ao Asilo Vicente de Paulo. É um exemplo de ser solidário.

— Dr. Colombo, o caridoso: diz ser agnóstico, mas, movido por uma força superior inominável, prestou serviços gratuitos à Creche Nosso Lar, atendendo os seus pequenos moradores durante 16 anos. E ainda levava medicamentos para a meninada.

— Dr. Colombo, o médico de todos: saía de casa em casa, na cidade ou na zona rural para atender os pacientes em seu consultório particular. Ao ver que se tratava de alguém que não podia pagar, dispensava o pagamento e ainda oferecia “amostra grátis” ou mandava apanhar o medicamento em farmácias por sua conta. Sua casa se enchia de queijos, quitandas, frangos, verduras, legumes, frutas, que o pessoal trazia como forma de agradecimento por seus serviços.

— Dr. Colombo, o humilde: ele salvou milhares de vidas, mas ele diz que as pessoas se salvavam por si só, por serem fortes, sua forma mais contundente de expressar humildade.

— Dr. Colombo, o esportista: ele fazia, diariamente, caminhadas pelas ruas de Itabira antes do raiar do sol; praticou futebol até quando se interessou; jogou peteca e, o mais inacreditável, durante 40 anos foi atleta do Time de Voleibol das Coroas do Clube Atlético Itabirano. Quarenta anos, diz ele, mas o tempo foi maior. O grupo, nos anos 1960 por Dorinha Brandão, Celina Sampaio e sua esposa, Eni Figueiredo de Alvarenga e continua existindo. Quando fez 40 anos, em 2008, ele homenageou todas as coroas. A menção ao ano de 1968 mostra o início do time das Coroas.

— Dr. Colombo, o personagem de 2021: ao lado do bispo dom Mário Teixeira Gurgel, dá nome a “2001, Ano Municipal do Centenário do médico Dr. Colombo Portocarrero de Alvarenga e do Bispo Dom Mário Teixeira Gurgel”. O projeto de lei é do prefeito Marco Antônio Lage, aprovado pela Câmara Municipal e promulgado pelo chefe do executivo de Itabira.

AGRADECIMENTOS

Coroas devotas e sempre presente na vida do médico: Dorinha Brandão, Maria Helena Nascimento (parceira de melodias) e Darcila Dias Martins da Costa; elas falam de Dr. Colombo com entusiasmo (Foto: Notícia Seca)

Coroas devotas e sempre presentes na vida do médico: Dorinha Brandão, Maria Helena Nascimento (parceira de melodias) e Darcila Dias Martins da Costa; elas falam de Dr. Colombo com entusiasmo (Foto: Notícia Seca)

Ao encerrar esta sequência de referências ao médico Dr. Colombo, nesta etapa de trabalho, registramos agradecimentos especiais a:

— Rosemary Penido de Alvarenga, autora do livro em nome de Dr. Mauro de Alvarenga, “Morro Escuro”, que colaborou em informações importantes sobre a vida da família Alvarenga. Estendemos esta gratidão a seu filho, Cristiano Penido de Alvarenga, que muito ajudou.

— Ao grupo de esportistas de voleibol, equipe de atletas das Coroas, entre as quais Darcila Dias Martins da Costa, Maria das Dores Torres Brandão, Maria Helena Gomes Nascimento, Conceição Machado e outras, são mais de 40 em 53 anos de existência da união de coroas.

— Ao seu sobrinho, Juarez Alvarenga, que se dispôs a ajudar, e representa os filhos que o casal não teve, são inúmeros e dedicados filhos de irmãos e irmãs..

— A Dona Eni, que atende a dezenas de telefonemas, sempre com muita simpatia, gentil, uma facilitadora de informações de histórias que todos querem saber.

— Ao médico Dr. Colombo, indescritível.

E-BOOK DA CONTAGEM REGRESSIVA

De 17 de maio de 2021 a 17 de junho: parte da história do médico que completa 100 anos e faz parte da história itabirana (Imagem: Eduardo/Gráfica VIP)

De 17 de maio a 17 de junho de 2021: contagem regressiva para mostrar um pouco da  história do médico que completa 100 anos e faz parte da história itabirana (Imagem: Eduardo Fernandes/Gráfica VIP)

Foi montado um E-Book sobre a contagem regressiva que hoje se encerra. Quem desejar obter uma cópia pode entrar em contato clicando o e-mail abaixo:

noticia.seca37@gmail.com

José Sana/ Notícia Seca

BRASIL VAI BEM, OBRIGADO!

Matéria Anterior

QUANDO AS ECONOMIAS GLOBAIS VOLTAM AO NÍVEL PRÉ-PANDEMIA?

Matéria Seguinte
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar

Mais em Editorial