0

 

Como informado no site SuperDados.com, a segunda maior mineradora do mundo conseguiu licença para explorar a areia no município de Itabira. veja aqui. O recurso é hoje o segundo mais consumido no mundo, interessa o mercado brasileiro e o  asiático, maior consumidor mundial de areia.

Para viabilizar o negócio, segundo fontes, a mineradora deseja criar uma ‘startup” especializada no comércio da commodity. (Leia mais) De acordo com informações, a Vale teria condições de produzir R$ 60 milhões de toneladas de areia por ano sendo responsável por 25% do mercado nacional. A matéria prima viria principalmente do descomissionamento das barragens em Itabira e São Gonçalo do Rio Abaixo.

Itabira e João Monlevade têm de ficar de olho nessa oportunidade, pois a região hoje conta com seis universidades públicas e privadas. Ou seja, conhecimento e mão de obra de sobra para se candidatar a ser a sede dessa nova empresa

Leia mais:

==>> Novos investimentos animam Santa Maria de Itabira

==>> Universidades voltam às aulas presenciais em março e prometem movimentar a economia de Itabira e João Monlevade.

==>> Conheça os times com mais torcida em Itabira/MG
NS
José Sana, jornalista, historiador, graduado em Letras, nasceu em São Sebastião do Rio Preto, reside em Itabira desde 1966.

    Como a Bolsa de Valores de Nova York pode ajudar Itabira a superar os desafios do fim da mineração?

    Matéria Anterior

    Itabira libera uso de máscaras em ambientes abertos, flexibiliza regras e institui passaporte vacinal

    Matéria Seguinte
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments

    Você também pode gostar

    Mais em Economia