Notícia Seca prefeitura
HUMOR POLÍTICA CRÔNICAS CULTURA GERAL JORNAL DE PREÇOS VÍDEOS MEIO AMBIENTE CIDADES ECONOMIA EDUCAÇÃO SAÚDE
Boa madrugada - Itabira, quarta, 05 de agosto de 2020   NOTÍCIA SECA CONTATO

CRÔNICAS  
POSSE DE PADRE PAULO MARCONY
Personagem de uma noite inesquecível 11/02/2020

 

“Já estou curioso para saber o que você escreverá sobre o Padre Paulo!” — alguém me fuzilou com esta proposta desafiadora logo após a posse do novo pároco da Igreja da Saúde, em Itabira.  Sabem qual foi minha resposta imediata? Anotem:  “Não preciso escrever nem uma crônica, nem uma frase, nem uma palavra  sobre ele”. E completei: “Assinei a ata e estou realizado”. Sem querer, deixei mudo o meu interlocutor, logo eu que já estava quase sem voz.

 

O fato do dia 10 de fevereiro de 2020 poderia ser a presença de meu grande amigo, Padre José Ivanir Américo, de notável atuação em Morro do Pilar e, principalmente, em Itabira. Ele tem uma linda história de vida para contar e me rejubilo ao vê-lo sempre.

 

Seria a presença de animados conterrâneos de São Sebastião do Rio Preto, chefiados pelo Frei Otaviano, da Congregação de São Francisco de Assis, meu contemporâneo de escola na antiga vila.

Também se destacariam as luzes cintilantes da bela igreja, que parecia toda de lustres, uma beleza inigualável.

Merecedores de palmas e vivas lá se espremiam no meio da multidão a mãe Dona Dirce Duarte Simões e o pai Geraldo Simões. Afinal, eles, os genitores, atingiam um cume interessante na vida do filho e presenciavam, com orgulho, a consagração do sucessor dos  padres Joaquim Santana de Castro, Ilídio Hemétrio Quintão e Uildes Flávio de Assis. Quem diria que, aos 36 anos de idade, um de seus descendentes chegasse a esse honroso patamar? Só Deus sabia!

 

Reconhecidamente realista, transformo-me num simples mini-personagem da noite. Só eu me sinto assim com grandiosidade, porque num instante indescritível meu coração disparou aceleradamente. O momento inacreditável ocorreu quando  Padre Ânderson, que agora assume a paróquia da minha terra natal, gesticulou para nós, Dainha, a bela cantora de Salmos, e eu, para subirmos os degraus do altar. Para quê? — perguntei de mim para mim. Sem resposta. Será que seria para repetir a Primeira Leitura? Voei.

 

A insistência parecia inacreditável e me mantive intato. Até que Flávia, do Ministério da Igreja de Nossa Senhora da Piedade, encarregada das Preces, veio puxar-me pela mão e me determinar: “É o senhor mesmo, vai!” Então, fiel ao destino, subi os degraus, entrando num mundo que, a princípio, parecia da lua, vendo milhares de olhos me filmarem como objetivas de cinema. Assinamos a ata que, daqui a 200 mil anos, continuará registrada nos anais da Paróquia de Nossa Senhora da Saúde de Itabira.

 

As horas passaram e voltei-me a si, ou melhor, a mim. Agora sou eu mesmo, juro! Nada tenho a reclamar, mas somente a enobrecer pela noite inesquecível de Padre Paulo, personagem central, reconhecido por quem ali estava ou não pôde estar.

 

Também vale dignificar a figura do bispo diocesano Dom Marco Aurélio Gubiotti, além dos padres presentes, do diácono que ajudou na celebração. Destaco ainda os  ministros locais e outros vindos de dezenas de paróquias. E palmas para  a igreja repleta de fiéis devotos e ansiosos por abraçar a figura da noite.

 

Desculpem-me por inserir em meu currículo uma notoriedade incomparável.  Recolho-me à minha humildade e insignificância para dedicar todos os cumprimentos ao Padre Paulo Marcony Simões. Que seja feliz na sua divina empreitada! Palavras sinceras.

 

Fotos: PASC0M Paróquia da Saúde Itabira

José Sana

 

Em 11/02/2020

 


 

 

caracafm
 
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE! E-mail: contato@noticiaseca.com.br
Notícia Seca 2020. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvedor: SITE OURO