Notícia Seca prefeitura
HUMOR DOCUMENTÁRIO CRÔNICAS CULTURA GERAL JORNAL DE PREÇOS VÍDEOS MEIO AMBIENTE CIDADES ECONOMIA EDUCAÇÃO SAÚDE
Boa tarde - Itabira, sábado, 14 de dezembro de 2019   NOTÍCIA SECA CONTATO

HUMOR  
CABRITO E A MARATONA DO TERROR EM ITABIRONA
Simulado da Vale dos Pesadelos vai estourar já 14/08/2019

 

Agora o assunto cabe no nível dos animais irracionais. Por causa disso, foi transferido para o Cabrito a função de ver, ouvir, apalpar e opinar, além de berrar a respeito do tema palpitante, que deve estar fazendo subir como foguetes da Nasa as ações da arrancadora de pedras. Aliás, o que o bode solta é um berro estridente para arrebentar tímpanos. Vamos ao dito irracional. Mas não será mais humano que nós, os pseudo-racionais?

 

COM A PALAVRA O CABRITO

 

“Aqui fala, ou melhor, aqui berra o ex-Bom Cabrito, atualmente caminhando para ser Mau Cabrito e, por enquanto, somente, Cabrito, ou Cabrito ‘Veio’. Algumas cabras e bodes de nossa convivência receberam uns papéis soltados nos morros dos ventos uivantes itabiranitos. Ninguém acreditou que pudesse ou tivesse de participar do processo salva-vidas ou escapatória do mal que a tal mineradora Vale dos Pesadelos distribuiu. E vai promover neste dia 17 uma festança de atordoar Itabirona. Para nós, chamados de animais irracionais, é um super absurdo. Será, de acordo com os engenheiros da arrancadora de pedras, a forma encontrada para ajudar Itabirona a se tornar atrativa aos investidores. Afinal de contas, todo empreendedor quer arriscar a vida para se enriquecer. E trazer a sua família para ajudar na correria encetada pela buzina da sirene.

 

Convocamos as cabritas prenhes e as cheias de cabritinhos que mamam. Chamamos os bodes cadeirantes. Intimamos os velhos de guerra, muquiranas. Solicitamos a presença maciça dos aleijados de todas as naturezas; deficientes físicos (surdos, mudos e cegos também), além dos cabritos gagos, estes que nem sabem berrar direito. Tivemos o cuidado de desmamar alguns filhotinhos também. Queremos evitar que se faça de uma só vez, em Itabirona, a famosa seleção natural anunciada por Charles Darwin. Queremos que a Vale dos Pesadelos assuma a sua loucura explícita de azucrinar a população da terra que se dizia de um tal de Drummond. E também de Cabritolândia que, também, está ameaçada.

 

O Cabrito pretende construir uma nova cidade, a Arca do Bode e vai chamar aqueles que pensam em acompanhar a caravana do capeta, correndo na Maratona do Terrorismo e no Circuito Salve-se Quem Puder e dizer a todos que exijam da Vale dos Pesadelos que pegue suas barragens e as transforme em fábrica de qualquer coisa.

 

Iniciaremos as inscrições da Arca do Bode e contamos com a assinatura dos que não podem correr mas querem se salvar.

 

Aqui assino e assim encerro esta manifestação me declarando futuro Mau Cabrito (vou ficar mau mesmo se continuar esse abuso aos carneiros da Itabirona).

 

Vou postar a seguir algumas conversas que o Cabrito Mirim gravou sorrateiramente de seres chamados humanos que moram nas proximidades de áreas verdadeiras de risco (Não as nomeadas assim pela Vale dos Pesadelos).

 

Antes de passar à frente, porém, como Cabrito macho, descobri que a Vale dos Pesadelos conseguiu atingir a uma meta demarcada: a Maratona de Cocada do Barão trasformou 70% da população de racionais e irracionais em doidos de pedra. Para amenizar, a arrancadora de pedras está promovendo festinhas nos bairros espalhados pela região da Cocada. Itabirona já tem, então, um resultado antecipado do Simulado do Capeta. Salve-se quem puder... e se puder!”

 

 

PAPOS DE SOFREDORES

 

Maria – Acorda, Izé! A sirena da Val tá buzinano...

José — Oh, Maria! Num enche o saco não qui tô durmino.

Maria – Vamo corrê, Izê! Os mininos já tão na poita

 

Geraldo – Filomena, o treim tá feio... Vamo pra rua.

Filomena – Pra quê? Cê tá doido, Galdim!

Geraldo – Eu num  iscutei a sirena tocá mas o Izé Prequeté passô aqui azucrinado.

Filomena – Tenho que dá mamá pros mininos, Galdim...

 

Sebastiana – Nenzinho, Nenzinho, pega o dinhero que tá dibaxo do trabessero pra mode a gente fugi. A Val tá mandano.

Nenzinho – Tem dinhero aqui não, muié. Cê gastô ele com mamadera.

Sebastiana – Vamo sumi sem um tustão?

Nenzinho – Vamo se ocê num qué morrê, Bastiana doida!

 

Cabrito

14/08/2019

IMAGENS

1. Cabrito faz discurso brabo contra a Vale dos Pesadelos

2. Cabrito explica matematicamente como ensinar os racionais a se defenderem

3. Cabritos caem na conversa da Vale dos Pesadelos e fazem o simulado antecipado

4. Depois de seguir a tal Rota de Fuga, cabritos descansam no Ponto de Encontro

5. Enfim, a cabritada convoca outros "amigos" para a preparação de estratégias contra a destruição do mundo.

 


 

 

caracafm
 
INFORMAÇÃO DE QUALIDADE! E-mail: contato@noticiaseca.com.br
Notícia Seca 2019. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvedor: SITE OURO