Cidades

EMPRESAS DE ITABIRA E ITABIRANOS QUEREM INVESTIR EM BARÃO DE COCAIS

0

Seguindo as tendências mostradas pelo Instituto de Pesquisas DataMG, há alguns anos Barão de Cocais tornou-se a “bola da vez” para investidores que antes preferiam Itabira.  Nos últimos meses, esses investimentos vêm se concretizando na cidade que cresce fortemente com a expansão da Mina de Brucutu para seus territórios, dividindo o bolo com São Gonçalo do Rio Abaixo.

Ainda com uma grande vantagem têm as terras cocaienses: as atrações turísticas naturais e históricas contribuem para atrair novos moradores. A população do município, que esteve durante muito tempo estacionada na faixa de 23 mil habitantes, agora tem cálculo de crescimento para quase 33 mil, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

MERCADO IMOBILIÁRIO

Empresas de Itabira aportam-se  em solo cocaiense com o  intuito de aproveitar esse boom econômico que chegou por lá com a força da mineração. É o caso da MD Predial que está construindo um condomínio fechado para os moradores locais e da região.

O mercado imobiliário como um todo mantém-se aquecido pelas “desapropriações” que a Vale fez em função de desviar  rotas de barragens de rejeito de minério de ferro. Só esse fato tem injetado milhões de reais na economia local, oriundos de indenizações da mineradora para os desalojados de suas casas em áreas de riscos.

Barão de Cocais

SAÚDE, EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO

Outra empresa investidora em Barão de Cocais é a Intense Fitness que montou a primeira academia de Cross Fitness do município, saindo na frente neste mercado promissor. Outras empresas itabiranas estão lá há mais tempo, como a Valenet e a Itaótica.

A cidade ainda comporta outros tipos de investimentos como nas áreas de transporte público coletivo, supermercados, clínicas odontológicas e médicas, lojas de material de construção, material elétrico e serviços na área de saúde, segundo apuração desenvolvida por pesquisas da Data/MG.

Moradores de Itabira  são os maiores interessados em transferir-se para Barão de Cocais. É o que mostra uma pesquisa empreendida pelo Instituto DataMG, que contatou 304 itabiranos no mês de dezembro de 2020, tendo a margem de erro de 5,5%.

Adilson Simeão

O QUE É FONOAUDIOLOGIA?

Matéria Anterior

DA SÉRIE: PENSE NISSO! – BOM ATENDIMENTO ENCANTA O CLIENTE

Matéria Seguinte
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x