0

O artista plástico, jornalista, escritor e membro da Academia Mineira de Letras, Márcio Sampaio, reuniu grande parte da sua obra em uma exposição especial para o 48 Festival de Inverno de Itabira. As criações compõem um vasto acervo organizado ao longo de sua carreira. Entre as obras estão pinturas, poemas e objetos artísticos do autor. A mostra com o tema “Um lugar chamado arte” foi aberta na noite desta quinta-feira (7), na galeria da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade. O evento contou ainda, com uma homenagem ao artista plástico.

 

O prefeito Marco Antônio Lage entregou a Márcio Sampaio uma placa que homenageia o artista.“É muito bom estar novamente homenageando, exaltando um dos grandes nomes da nossa cidade. É disso que precisamos, Itabira é uma cidade emblemática e temos que colocá-la no lugar que ela merece. Este artista múltiplo leva o nome de Itabira país afora e para o mundo. É um motivo de orgulho muito grande”, disse o prefeito.

Márcio Sampaio lembrou que Itabira ofereceu a ele grandes oportunidades. “Sinto neste momento a emoção e a ansiedade que me assolou em agosto de 1963, quando fiz minha primeira exposição no salão do Clube Atlético Itabirano. Agradeço, muito emocionado por estar aqui recebendo esta homenagem de tamanha amplitude”, revelou.

O superintendente da FCCDA, Marcos Alcântara, lembrou dos tempos em que, ainda adolescente, conheceu a obra de Márcio Sampaio. “Falar do Márcio Sampaio é uma grande lição. Aos meus 11 anos de idade, quando pisei nesta casa pela primeira vez, foi o nome dele que escutei e vi como ele representava para a nossa cidade. O artista e escritor mostrou em seus trabalho o que há de melhor na cultura de Itabira. Isso foi impactante”, contou o superintendente da FCCDA.

Ex-superintendente

Esta edição do Festival de Inverno de Itabira tem como tema “A rua e suas cores” e faz uma homenagem ao artista plástico Márcio Sampaio, que foi Superintendente da FCCDA no período de 1993 a 1996, época marcada pelo crescimento da cultura em Itabira.Márcio Sampaio nasceu em Santa Maria de Itabira, que na época era distrito de Itabira. Aos 81 anos mantém a energia que pautou sua vida como escritor e pintor, sobretudo voltado para promover a cultura e apoior os jovens.

A exposição “Um Lugar Chamado Arte” pode ser visitada na galeria da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade de segunda a sexta-feira, de 8h30 às 12h e de 14h às 17h30. A mostra, a princípio fica em Itabira até o dia 25 de julho, o prazo poderá ser prorrogado.

Confira ainda a programação do fim de semana para o 48º Festival de Inverno de Itabira:

– Dia 8/07 (sexta-feira) – Palavra Colorida – 19h – Praça do Areão

– Dia 8/07 (sexta-feira) – Banda Ao Cubo – 21h – Praça do Areão

– Dia 9/07 (sábado) – Festa Junina dos Alves – 18h – Serra dos Alves

– Dia 9/07 (sábado) – Intervenção – Mandinga e Stance – 10h – Praça do Gabiroba

– Dia 9/07 (sábado) – Música – Seu Vizinho – 16h – Paredão da rua Tiradentes

– Dia 9/07 (sábado) – Orquestra Atípica de Lhamas – 18h – Paredão da rua Tiradentes

– Dia 9/07 (sábado) – Orquestra da ELMI – 20h – Teatro da FCCDA

– Dia 10/07 (domingo) – Coral e Dança das Meninas do Combem – 11h – Praça do Areão

– Dia 10/07 (domingo) – Meninos de Minas – 13h – Praça do Areão

– Dia 10/07 (domingo) – Elas cantam o samba – 15h – Praça do Areão

– Dia 10/07 (domingo) – Teatro – Branca de Neve – 16h – Praça do Areão

– Dia 10/07 (domingo) – Bloco Madalena não gosta de poema – 17h – Praça do Areão

– Dia 10/07 (domingo) – Academia da Berlinda – 18h – Praça do Areão

NS
José Sana, jornalista, historiador, graduado em Letras, nasceu em São Sebastião do Rio Preto, reside em Itabira desde 1966.

    Transita promove campanhas de conscientização para diminuir acidentes de trânsito

    Matéria Anterior

    Cultura: instrumento que identifica um povo

    Matéria Seguinte
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments

    Você também pode gostar

    Mais em Cultura