0

Emoção, gritos de alegria e a satisfação estampada no rosto das formandas transformaram em festa a entrega de certificados a 120 mulheres que concluíram um curso de costureira. O teatro lotado da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade foi o palco perfeito para elas comemorarem, com familiares e autoridades, o aprendizado na produção de Costura – uniformes, lingerie e artesanato sustentável “Faça e Venda”.

“Este curso para muitas de vocês possibilitou refazer a vida, encontrar novos caminhos, oportunidade de iniciar um novo ciclo e dar uma dimensão diferente para a vida social e profissional”, disse o prefeito Marco Antônio Lage, durante a cerimônia.  A Prefeitura de Itabira aplica recursos para o curso do Instituto ITI. Alunas da segunda turma de 2020, que em função da pandemia não tiveram cerimônia de formatura, também participaram.

Ediane de Oliveira Costa falou em nome das formandas e  contou como o curso poderá influenciar em seu futuro:  “Hoje sou costureira, vou continuar essa profissão com muito carinho, zelo e responsabilidade. Vou empreender como costureira, essa é uma porta imensa de oportunidades que se abriu”.

Muito emocionada, a nova costureira teve a voz embargada e interrompeu a fala por várias vezes. Novas turmas do mesmo curso iniciam as aulas em agosto. Como nas últimas temporadas, as inscritas são mulheres em situação de risco social,  beneficiárias de planos de assistência e atendidas nos programas da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Os certificados foram entregues pelo prefeito Marco Antônio Lage, o vice-prefeito Marco Antônio Gomes, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Eugênio Dutra e pelo presidente do instituto, Rodrigo Bernardi.  “Nós tivemos que nos reinventar. Estar aqui e poder retomar esse curso, ver esse teatro cheio é muito especial. Se cada uma aqui pudesse dar um testemunho, daria um livro. São histórias de transformação e empoderamento”, disse Bernardi

NS
José Sana, jornalista, historiador, graduado em Letras, nasceu em São Sebastião do Rio Preto, reside em Itabira desde 1966.

    Santa Bárbara utiliza técnica de drenagem eficiente em projeto

    Matéria Anterior

    Criançada do Viva Férias se despede da primeira edição e já pede bis

    Matéria Seguinte
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments

    Você também pode gostar

    Mais em Cultura