0

   

Teve início nesta sexta-feira (10) o projeto “Sabor Alimenta”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (SME) para instruir a comunidade escolar sobre a importância da alimentação saudável nas escolas. A orientação ainda esclarece o que rege a legislação preconizada pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Por meio da iniciativa, uma nutricionista da Prefeitura irá percorrer as escolas municipais e levar a correta orientação.

O trabalho é desenvolvido pela nutricionista Cleisiane Ruthe da Silva. Nesta sexta a profissional iniciou as atividades no Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Batistina Pereira, no bairro São Francisco. A partir de então, a iniciativa será implementada no restante das escolas da rede municipal.

“Procuramos esclarecer os profissionais que elaboramos o cardápio baseado na legislação do PNAE. Dentro deste cardápio a gente coloca alimentos minimamente processados, baseado na alimentação mais natural, utilizando produtos da agricultura familiar. Os agricultores da região fornecem boa parte das nossas refeições. Com isso, conseguimos retirar do nosso cardápio alimentos processados, como a salsicha; alimentos ricos em açúcar, como o achocolatado; e industrializados, como o extrato de tomate. Porque o que nós queremos é oferecer uma alimentação mais saudável, seguindo a legislação, para que os alunos estejam bem nutridos e tenham melhor rendimento escolar”, explica a nutricionista responsável pelo projeto.

Cleisiane Silva acrescenta que antes de planejar a palestra, foi enviado para os profissionais da Educação um questionário, onde todos responderam questões sobre a importância da alimentação saudável, alimentação no contexto escolar e o PNAE. A partir das dúvidas surgidas e visto que poucos conheciam o programa nacional, foi desenvolvido o projeto. “Eu espero que com este projeto a gente possa desenvolver outros trabalhos que venham fazer parte do currículo escolar e possam ser colocados em prática dentro da sala de aula”, destaca Cleisiane.

As atividades de educação nutricional acontecem com frequência nas escolas da rede municipal e as crianças têm uma boa aceitação com o novo cardápio mais saudável. “A aceitação das crianças tem sido ótima, a gente faz o teste aceitabilidade e o consumo per-capta tem sido cada vez mais alto e isso é sinal que o nosso cardápio é bem aceito”, finaliza Cleisiane.

Merenda saudável nas escolas do município

A preocupação da Prefeitura com a qualidade da merenda é frequente em todas as escolas da rede, desde o retorno das aulas presenciais no município. Na Escola Municipal Matilde Menezes, no bairro Conceição, a diretora Fernanda Altoé ressalta a importância da alimentação escolar para o desenvolvimento das crianças e adolescentes. “Muitos de nossos alunos são de vulnerabilidade social, então a principal refeição que eles têm é aqui na escola. A diversidade no cardápio é muito legal e com a agricultura familiar os alimentos que chegam aqui são de qualidade, ricos em vitaminas e bem frescos. A gente vê a importância da introdução alimentar com a variedade do cardápio”, destaca a diretora.

Com todo este trabalho realizado em cadeia por profissionais dedicados o resultado é aluno bem alimentado e pronto para aprender. E na hora da merenda as crianças e adolescentes podem saborear um cardápio saudável, diverso e com valor nutricional equilibrado. A refeição é preparada com muito carinho pelas cantineiras, responsáveis por fazer e servir a alimentação. “Eu faço com muito amor a comida para os meus meninos, aqui não falta o arroz, o feijão e o carinho. Estou aqui na escola desde fevereiro e todos os dias a minha alegria é ver os alunos comendo com gosto o alimento que preparo”, fala a cantineira Cindilaine Alves Gomes, da escola Matilde de Menezes

NS
José Sana, jornalista, historiador, graduado em Letras, nasceu em São Sebastião do Rio Preto, reside em Itabira desde 1966.

    Campeonato Brasileiro: América foi valente, Cruzeiro vacila e Galo empata

    Matéria Anterior

    Deputado estadual Mucida leva o senador Alexandre Silveira a Itabira e região

    Matéria Seguinte
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments

    Você também pode gostar

    Mais em Educação