0

Leia a seguir, quem for adepto do progresso e do desenvolvimento, as notícias sobre o novo mercado que vem aí — ou já está aí — de carros elétricos. Nova Lima, aqui bem ao lado de Itabira, saiu na frente. Se Nova Lima traz, por que Itabira pelo menos não tenta?

NOVA LIMA

A Prefeitura de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte-MG, assinou um plano de intenção junto à montadora argentina Bravo Motor para instalação de uma fábrica de carros elétricos e baterias no município. A empreitada deve gerar cerca de 10 mil empregos no estado sob o investimento de R$ 25 bilhões.

Modelos esporte entram no mercado e são várias as empresas que desejam fabricar: vamos correr atraás? (Foto: Divulgação)

Modelos esporte entram no mercado e são várias as empresas que desejam fabricar: vamos correr atrás? (Foto: Divulgação)

O prefeito da cidade,  João Marcelo Dieguez Pereira, afirmou à CNN que a parceria representa um marco na história do estado e envolve um pacote tributário que “passa pela isenção do IPTU nas fases de construção, implantação e ramp-up e isenção de ITBI. Além disso o ISS será de 0% a 5% por dez anos”.

Dieguez também acrescenta que existe uma proposta de  isenção do Imposto sobre Propriedades de Veículos Automotores (IPVA) para incentivar a venda de veículos elétricos no município. “Em cerca de cinco anos nós vamos ter carros elétricos automatizados aqui”, estima. Ainda segundo ele, “a expectativa é de que de 10% a 13% das baterias elétricas do planeta sejam produzidas em Nova Lima”,

Custo de montagem é mais alto, mas manutenção é barata, informam os fabricantes, mostrando ainda a tendência do mercado(Foto: Divulgação)

Custo de montagem é mais alto, mas manutenção é barata, informam os fabricantes, mostrando ainda a tendência do mercado(Foto: Divulgação)

O início das obras do novo parque industrial está previsto para o quarto trimestre de 2021, enquanto o começo da produção deve ocorrer a partir do primeiro trimestre de 2023.

BRASIL

Pick-up tem vários modelos: Brasil já fabrica mas Argentina está na frente e expande a sua fabricação para outros países(Foto: Divulgação)

Pick-up tem vários modelos: Brasil já fabrica mas Argentina está na frente e expande a sua fabricação para outros países(Foto: Divulgação)

Uma projeção da Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE) aponta que o Brasil terá 28 mil carros, motos e caminhões elétricos até o fim de 2021. A previsão vem após esse segmento do mercado automotivo apresentar o melhor quadrimestre desde o início da série histórica, com início há quase dez anos.

Modelo de luxo entra também nos planos de fabricação: várias empresas se manifestam interessadas em montar fábricas. Por que não nos interessa? (Foto: Divulgação)

Modelo de luxo entra também nos planos de fabricação: várias empresas se manifestam interessadas em montar fábricas. Por que não nos interessa? (Foto: Divulgação)

Foram 7.290 veículos elétricos emplacados até abril, um aumento de quase 30% comparado com o mesmo período de 2020, podendo chegar, ao fim do ano, a 28 mil novos automóveis elétricos.Os modelos não poluem, são mais silenciosos e têm manutenção mais barata do que veículos convencionais, ainda que o custo inicial seja bem mais alto.

NOTA DA REDAÇÃO

Quem não quer abolir o petróleo e não poluir mais o meio ambiente? E que cidade não desejaria estar na situação de Nova Lima hoje, com grande expectativa de gerar dez mil empregos? (Foto: Divulgação)

Quem não quer abolir o petróleo e não poluir mais o meio ambiente? E que cidade não desejaria estar na situação de Nova Lima hoje, com grande expectativa de gerar dez mil empregos? (Foto: Divulgação)

Alguém pode dizer: “Mas Nova Lima, ali pertinho, já foi na frente!” É verdade, foi na frente, mas a tendência do mercado é esta aí: carros elétricos. Ficar esperando a procissão passar, sem tirar o chapéu, Itabira não pode.

Esperamos que Itabira tenha seus gestores, que precisam sair  à procura de investimentos e que esses sejam para resolver de vez a questão itabirana, muito desafiadora: pouco tempo para pensar, mas as horas estão correndo. Não podem passar à mercê de nossa esperança apenas. Ao trabalho já!

Com: Nathallia Fonseca e Tiago Américo, da CNN, em São Paulo

Notícia Seca

VALÉRIO CONTINUA FORA DAS QUATRO LINHAS

Matéria Anterior

DR. COLOMBO: DAQUI A 21 DIAS FAZ 100 ANOS DE IDADE

Matéria Seguinte
5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar

Mais em Economia