0
Grande parte do território regional está impedido de fazer novas obras, sejam públicas ou privadas por causa das Zonas de Auto Salvamento.

Tudo começou quando a prefeitura de Itabira quis construir uma nova Estação de Tratamento de Esgoto no bairro Pedreira e se viu impossibilitada pela Lei Federal nº 14.066/2020, que institui a nova Política Nacional de Segurança de Barragens (PNSB). Saiba mais.

A partir disso, o efeito veio em cascata e várias regiões da cidade itabirana, que estão sob as “manchas das barragens”, não poderão ter nenhum tipo de obra até segunda ordem. Aqueles empreendimentos iniciados e terminados estão liberados, mas os novos não receberão habite-se ou alvará de funcionamento. A medida deverá atingir outras cidades como Barão de Cocais e São Gonçalo do Rio Abaixo.

Uma região itabirana altamente valorizada como a Avenida Cristina Gazire está dentro de uma ZAS. Ou seja, nenhum empreendimento novo pode ser feito na região próxima ao prédio Monjolos e do Supermercado Nova Europa, por exemplo. No passado recente especulou-se a construção de um novo supermercado próximo ao campo do Grêmio, hoje essa obra estaria fora de questão. Outro exemplo é a nova avenida Machado de Assis(foto)

O fato que os preços dos imóveis de áreas fora das ZAS devem subir no curto prazo, o que mostrará um novo eixo de negócios imobiliários para a região. Por outro lado, especula-se a desvalorização de áreas dentro das Zonas de Auto Salvamento. A Vale, empresa responsável pela maioria das barragens, tem prazo até 30 de junho para informar as autoridades quais ações deverá tomar para amenizar o problema. Leia mais

NS
José Sana, jornalista, historiador, graduado em Letras, nasceu em São Sebastião do Rio Preto, reside em Itabira desde 1966.

    Protesto fecha ferrovia e Vale suspende viagens no trecho entre Vitória e Minas

    Matéria Anterior

    Criação da Liga, pelos clubes, no Brasil. Difícil acreditar!

    Matéria Seguinte
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments

    Você também pode gostar

    Mais em Cidades