0

O comentarista do blog, Júlio Soares, criticou o treinador: “O Turco continua inventando e pirracento que é, repetiu ontem o que já não havia dado certo contra o Pouso Alegre. 4 atacantes, dois volantes, sem centroavante e nenhum meia de ligação. Demora a substituir e torna a despedaçar o time: coloca meias pelas pontas e deixa um volante; uma salada O cara chega, encontra um time formado e quer inventar tirando a espinha dorsal. Está capengando contra os times da rabeira, quando pegar Caldense ou o Athletic, vai penar. Feijão com arroz ou vai dançar!”

Depois da partida os jogadores externaram a sua insatisfação com a postura da Globo, que num programa de quinta-feira entrou na onda das redes sociais e fez piada sobre a marcação de pênaltis a favor do time. Se recusaram a dar entrevista para a emissora.

Zoação entre torcedores faz parte do futebol e é salutar, porém, quando um veículo de comunicação poderoso como a Globo entra no jogo, assusta, já que árbitros, bandeirinhas e VAR também assistem e certamente vão pensar duas vezes antes de marcar faltas e pênaltis a favor do Galo na sequência. Uma pressão subliminar, que funciona. O Brasileirão vem aí.

O SuperFC deu mais detalhes:

* “Atletas do Galo boicotam Globo após piada com teoria sobre pênaltis”

Irritados com piada sobre “Pênalti pro Galo” no programa Globo Esporte, jogadores ignoraram repórter da emissora ao fim da partida contra o Democrata-GV

Após o apito final e a importante vitória por 1 a 0, no estádio Mamudão, os jogadores do Atlético se recusaram a dar a tradicional entrevista pós-jogo à TV Globo neste sábado (12).

Conforme a assessoria de imprensa do clube, a postura dos atletas tem a ver com a piada “Pênalti pro Galo”, feita pela emissora durante o programa esportivo Globo Esporte Minas. O Atlético informou que não irá se manifestar sobre o assunto.

Na última quinta-feira (10), no início do programa da TV Globo Minas, um dummy, um tipo de manequim como os do reality show “Big Brother Brasil”, entrou no estúdio para entregar um bilhete ao apresentador Maurício Paulucci. Nele, estava escrito: “Pênalti pro Galo”. Momento ocorreu logo após uma entrada ao vivo direto da casa do BBB, quando um dummy “trolou” os participantes e os telespectadores – ele entregou um bilhete dizendo que hoje haverá prova do líder, o que já ocorre todas as quintas-feiras. Foi um dos assuntos mais falados nas redes sociais naquele dia.

Desde o Brasileirão de 2021, o Galo teve 21 pênaltis marcados a seu favor, em todas as competições, enquanto o Flamengo, 11 – Grêmio e Palmeiras, em segundo lugar, tiveram 12. A última penalidade atleticana marcada foi no clássico contra o Cruzeiro, nesse fim de semana, que gerou bastante polêmica.

Pegando o Campeonato Brasileiro de 2021, quando o Galo foi campeão, foram 11 pênaltis marcados. Em 2020, ano que o Urubu levantou a taça, foram 10 a favor do campeão, ou seja, diferença mínima.

Globo pediu desculpas

Um dia após a brincadeira, a Globo Minas, no mesmo programa, pediu desculpas pela zoação feita contra o Atlético, mas o estrago já tinha sido feito.

“Aqui no GE, a gente sempre busca falar sobre o futebol mineiro com precisão, mas também de forma leve. Só que ontem a gente fez uma brincadeira aqui que muitos atleticanos não gostaram. A gente entende esse sentimento do torcedor e queria deixar claro que, de forma alguma, a gente teve a intenção de ofender a torcida do Galo”, disse o apresentador Maurício Paulucci.

https://www.otempo.com.br/superfc/atletico/atletas-do-galo-boicotam-globo-apos-piada-com-teoria-sobre-penaltis-1.2631463

Chico Maia
Jornalista, https://blog.chicomaia.com.br. Ex-jornais Hoje em Dia, Super Notícia, O Tempo; Rádios Capital, Alvorada FM e Inconfidência. Fundador do Jornal Sete Dias.

Daniela Arbex faz reflexões sobre cuidados em liberdade e impactos da mineração na saúde mental

Matéria Anterior

Coruja, mestre do humor estreia no Notícia Seca

Matéria Seguinte
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar

Mais em Colunas