0

A violência promovida por torcedores no futebol brasileiro passou dos limites há muito tempo. Mas, ficamos reduzidos às notas de repúdio dos clubes e manifestações de solidariedade às vítimas. Essa semana foram quatro casos de bandidos mandando bombas e pedras em ônibus de clubes, com graves consequências e ninguém detido.

Absurdo o Bahia ter jogado contra o Sampaio Correia, na Fonte Nova, depois do violento ataque da sua própria torcida na chegada ao estádio. A repercussão seria maior e seria uma forma de pressão sobre as polícias e a justiça, para que peguem mais pesado no enquadramento desses marginais. O Grêmio agiu bem, ontem, e se recusou a jogar contra o Internacional, no Beira-Rio, depois do apedrejamento do seu ônibus. E felizmente, teve o apoio do arquirival.

Em 28 de novembro, bandidos invadiram um ônibus de linha normal de transporte de passageiros de Belo Horizonte e fizeram horrores. Um torcedor do Atlético foi morto nessa operação de rivais, que a polícia identificou como sendo da Máfia Azul.

No dia seguinte o jornal Hoje em Dia informava: “Uma das pessoas que estava dentro do ônibus atacado por integrantes de uma torcida organizada do Cruzeiro morreu nesta segunda-feira (29). em Belo Horizonte. A Polícia Civil informou que a vítima tinha 20 anos e teve morte cerebral.

Outras dez pessoas foram feridas durante a emboscada dos suspeitos, na noite desse domingo (28)…” (https://www.hojeemdia.com.br/minas/vitima-de-ataque-a-onibus-que-levava-torcedores-atleticanos-morre-outras-10-pessoas-ficaram-feridas-1.865344)

Dois dias depois do atentado, O Tempo em manchete: “Seis torcedores do Cruzeiro que atacaram ônibus vão seguir na cadeia

Suspeitos informaram à Polícia Civil que são integrantes da Máfia Azul . . . tiveram a prisão preventiva decretada nesta terça-feira (30). A informação foi repassada pela delegada Brunna Brito… “A partir de agora, ficará por conta da Justiça mantê-los presos. O juiz vai definir a pena,” explicou a delegada. Segundo Brunna, a Polícia Civil acredita que o grupo tenha premeditado o crime. Isso porque, com eles, os policiais encontraram bombas e pedaços de madeira. (https://www.otempo.com.br/cidades/seis-torcedores-do-cruzeiro-que-atacaram-onibus-vao-seguir-na-cadeia-1.2577354)

Já já a imprensa deve dar uma atualizada nessa história para sabermos se continuam presos ou não, pois, poucos dias depois tivemos um novo incidente violento entre facções das mesmas torcidas, do Cruzeiro e do Atlético.

E ficou por isso mesmo. Daqui alguns dias ou algumas horas, teremos mais.

Temos leis, cujos rigores, se fossem utilizados, garantiriam bons anos de cadeia à essa cambada, de norte a sul, leste a oeste do país, porém, aqui, são aplicadas, normalmente, as benesses das ditas leis.

Na Inglaterra, foi uma mulher, corajosa, mão de ferro, que quase acabou com com os malditos hoolighans, que ficaram mundialmente famosos pela violência indiscriminada. Em 1985, a então primeira ministra, Margareth Thatcher pegou pesado e, com a influência do cargo, conseguiu criminalizar as torcidas de futebol, tratando os bandidos da forma como tinham e têm que ser tratados.

Em resumo, a polícia e a justiça passaram a “fichar” e monitorar os marginais, proibindo-os de frequentar os estádios ou prendendo-os preventivamente.

As notas de repúdio e manifestações de agredidos e solidários dos acontecimentos dos últimos dias:

Grêmio FBPA @Gremio

Nossa atenção neste momento está toda voltada ao atendimento do atleta Villasanti, atingido no rosto por uma pedra, a aos outros membros da delegação machucados. +

Repudiamos com veemência os atos criminosos sofridos na chegada da delegação ao estádio Beira-Rio. Casos como esse, que infelizmente têm se tornado corriqueiros no esporte, não representam aquilo que o futebol realmente significa. Vídeo completo em: youtu.be/OhieKaHrHdU

Sport Club Internacional @SCInternacional

O Gre-Nal 435 está oficialmente adiado, uma nova data será informada em breve. O Sport Club Internacional repudia veementemente todo tipo de violência e reforça a importância da #PazNoFutebol.

Dois suspeitos já foram detidos pela Brigada Militar pelos incidentes na prévia do clássico, após serem identificados com o auxílio das câmeras de monitoramento do Beira-Rio. Seguimos dando todo o suporte às autoridades na apuração do caso.

Esporte Clube Bahia@ECBahia·

O Esporte Clube Bahia informa que uma bomba explodiu dentro do ônibus da equipe na chegada à Fonte Nova e atletas ficaram feridos. O caso mais preocupante é do goleiro Danilo Fernandes, atingido por estilhaços no rosto e já encaminhado a um hospital. Grupo discute se terá jogo.

“O grupo, através da sua dignidade e do seu profissionalismo, vai entrar em campo para honrar as cores do Bahia” – Guto Ferreira

(ridículo)

Esporte Clube Bahia @ECBahia

É absolutamente inaceitável o nível de barbárie e ódio que estamos vivendo enquanto sociedade. Não bastasse uma guerra de proporções mundiais, só nesta semana 4 clubes foram alvo no 🇧🇷. Hoje, além do Grêmio, também o Paraná. Nossa solidariedade, repúdio e cobrança às autoridades.

Goleiro tricolor acaba de receber alta médica e poderá ir pra casa. À tarde precisou se submeter a um novo procedimento pra retirada de mais um estilhaço encontrado no pescoço. Agora ainda terá de se consultar com especialista em oftalmologia. Estamos juntos. (foto do próprio Bahia, antes da bomba no ônibus)

Náutico @nauticope

Ao desembarcarmos na noite de ontem, no Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, nossos atletas e comissão técnica foram confrontados por torcedores alvirrubros.

***

Grêmio FBPA @Gremio

Infelizmente mais um caso de violência no futebol neste sábado que deveria abrir o Carnaval com alegria. Nos solidarizamos com a equipe do @fc_cascavel, e com o nosso ex-capitão, Tcheco. Torcemos para que ninguém tenha se ferido e que os autores do atentado sejam identificados.

***

Notícia do Globoesporte.com: “O ônibus com a delegação do Cascavel foi atingido por pedras ao deixar o estádio Willie Davids, em Maringá, na noite deste sábado, após a partida contra o Maringá, pelo Campeonato Paranaense. O jogo terminou com vitória do Maringá, por 1 a 0.

Segundo a assessoria de imprensa do Cascavel, duas pedras atingiram o vidro traseiro do veículo. Ainda conforme o clube, ninguém ficou ferido. O Cascavel alegou ainda que não havia policiamento ou escolta para garantir a segurança do time na saída do estádio.

O Maringá afirmou que abrirá uma representação na Federação Paranaense de Futebol. Em nota oficial divulgada no fim da noite deste sábado, o clube informou que um boletim de ocorrência foi registrado e que prestará toda assistência necessária à equipe do Cascavel. O ge tenta contato com a Polícia Militar de Maringá.

– O Maringá FC mais uma vez se posiciona contra a violência causada por bandidos travestidos de torcedores, que não representam a torcida e muito menos um clube de futebol. Felizmente ninguém se feriu, no entanto, um boletim de ocorrência foi realizado e os responsáveis pelo ato criminoso foram identificados. Não mediremos esforços e queremos ajudar no que for preciso no processo investigativo para punir… (Globoesporte.com)

***

Interessantes também os comentários de torcedores do Náutico, após a nota de repúdio da diretoria, após a eliminação na primeira fase da Copa do Brasil para o Tocantinópolis, e o apedrejamento da van que transportava o time, na saída do Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, em Recife:

“Ué, pq vcs não emitiram nota quando os jogadores cercaram um torcedor na sede? Tem imagens de tudo e vcs não falaram absolutamente nada.”

“Engraçado que os jogadores ontem tava bem menos agressivos né? Na hora de cercar torcedor eles são brabos.”

“Coloca Kieza de segurança, ele é craque em bater em torcedor.”

“Tá fazendo notinha agora, é? Quando torcedor foi agredido por jogadores não apareceu ninguém pra falar nada. Podia emitir uma nota pedindo para o frouxo do presidente aparecer pra justificar a incompetência dele.”

“Ainda foi pouco, porquê vocês não chamaram os “brabos” do elenco pra ir pra cima ? Só sabe pegar 1 torcedor na covardia?”

***

E assim caminha o futebol brasileiro!

Chico Maia
Jornalista, https://blog.chicomaia.com.br. Ex-jornais Hoje em Dia, Super Notícia, O Tempo; Rádios Capital, Alvorada FM e Inconfidência. Fundador do Jornal Sete Dias.

Chega de inventar!

Matéria Anterior

Lucien Marques: Rumores de guerra!

Matéria Seguinte
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Você também pode gostar

Mais em Esportes